Ministérios

Acesso à Saúde Integral e Humanizada

A Bíblia Sagrada define a palavra Ministério (diakonia) como o exercício de um dom em favor dos outros. O conceito de servir, trabalhar em prol dos cristãos, levando a palavra de Deus a todos, exercitando seus ensinamentos na vida cotidiana e aplicando seus dons e conhecimentos em favor daqueles que os procuram.

A Dimensão Ministérios é a linha de atuação que mais envolve pessoas – somando cerca de 25 mil profissionais registrados e mais de 10 mil médicos – e tem o importante papel de fazer com que o carisma camiliano esteja sempre presente nas mãos de cada um que atua nas obras dedicadas à Saúde, Educação e Assistência Social.

Na Província Camiliana Brasileira, Ministérios representa toda a atuação social dos camilianos e concentra seus esforços na ajuda aos que nos procuram, guiada por um forte senso de responsabilidade social, sem qualquer distinção de etnia, nacionalidade ou credo. Um acolhimento ecumênico para levar o amor de Nosso Senhor aos que mais necessitam. Na estrutura da entidade, ela também tem como responsabilidade prestar apoio aos irmãos nas nove paróquias camilianas, contribuindo com orientações para questões legais e também relacionadas à administração e organização documental.

Parte do carisma camiliano é crer em uma sociedade mais justa, ética e que priorize o fator humano e, para isso, a Província Camiliana Brasileira orienta seu trabalho em favor das pessoas para assegurar a elas o acesso à saúde de qualidade, educação, amparo e acolhimento em situações de sofrimento e dor e também para proporcionar oportunidade àqueles que vivem à margem da sociedade. Todos, independentemente de suas condições, são alvo da atuação dos camilianos.

Nas atividades mais simples, mais cotidianas, a nobre missão é fazer presente o olhar caridoso, solidário e amoroso de Deus, aliando as mais eficientes práticas e metodologias para o cuidado, assistência e orientação às pessoas.
Este trabalho se traduz no compromisso de fazer chegar aos que mais precisam a saúde integral, promovendo uma gestão transparente e a otimização de recursos, sejam públicos ou privados, por meio da administração de unidades hospitalares e ambulatoriais, equipamentos de apoio social e unidades educacionais, da primeira infância à formação universitária e especialização.

Assistência à Saúde

São ao todo 49 hospitais, sendo 22 unidades próprias, além de um plano de saúde e 27 sob a administração camiliana por meio de convênios ou contratos de gestão com o poder público em âmbito estadual e municipal.

Fazem parte deste modelo hospitais gerais, ambulatórios de especialidades médicas, farmácias de medicamentos especiais, clínicas e centros de saúde que são geridos pelo sistema de Organização Social de Saúde e estão localizadas em regiões de vulnerabilidade social. Neste cenário, os camilianos têm a incumbência de atuar como agentes capazes de acolher e transformar a vida de milhões de brasileiros.

Os números comprovam: são cerca de 220 mil cirurgias, mais de cinco milhões de consultas, 66 mil partos e 13 milhões de exames realizados a cada ano, somando os atendimentos realizados nas unidades de Saúde espalhadas por 14 estados. Isto é o que permeia a história da presença camiliana no Brasil: a dedicação ao cuidado com os enfermos.

Assistência à Educação

A Educação deve formar cidadãos. Pessoas plenas e capazes de prover o próprio desenvolvimento e de seus pares. Pessoas capazes de realizar seus projetos de vida e conscientes de seu papel na sociedade, de seus direitos e seus deveres. Participantes da vida social e política. Prover conceitos de solidariedade, justiça e respeito. Ensinar ética, moralidade, civismo e, sobretudo, formar pessoas capazes de olhar outras com compaixão e sensibilidade.

Este é o compromisso dos camilianos com a educação dos brasileiros. Formar com alta qualificação técnica, vasto acesso ao conhecimento e, na mesma medida, com sensibilidade humana, da primeira infância – com o trabalho que é desenvolvido em 23 Centros de Educação Infantil (CEI) – até a formação acadêmica e especialização nos campi do Centro Universitário São Camilo, instituição de ensino superior.

O trabalho educacional dos camilianos está calcado no objetivo de manter e desenvolver o ensino, a educação e a pesquisa, promover a divulgação de pesquisas e a publicação de obras e colaborar com entidades e órgãos públicos e privados nas atividades de formação de recursos humanos, materiais e espirituais.

Desde o ingresso nas escolas de educação infantil, passando pelo ensino fundamental, médio, técnico, graduação até a pós-graduação, que inclui ainda mestrado, doutorado e pós-doutorado, a atividade camiliana na área da Educação tem como preocupação primordial a formação humana, com sólidos princípios éticos e olhar humanizado. Não basta formar, é preciso levar ao mercado de trabalho profissionais com sensibilidade, que deem ênfase à humanização em suas vidas profissionais e que possam aliar este preceito com a alta capacitação técnica.

Quando a equipe de um hospital atende seus pacientes com excelência na assistência em Saúde, aplicando as melhores técnicas, sem esquecer o lado humano, o carinho e a atenção, consegue alcançar o que há de mais nobre no cuidado: torna-se um instrumento de cura valioso. A Província Camiliana Brasileira acredita que um profissional bem formado é capaz de fazer a diferença na sociedade, semeando valores humanos àqueles que o rodeiam.

Assistência Social

A atuação social da Província Camiliana Brasileira inclui a gestão de cinco equipamentos sociais, entre eles três centros para crianças e jovens, um centro de desenvolvimento social e produtivo e um núcleo de convivência para idosos, que oferecem atendimento àqueles que necessitam e também disponibilizam estrutura e profissionais da área de Serviço Social para acompanhamento. A Província conta ainda com o Grêmio Recreativo São Camilo.

A cada atendimento há o diferencial da acolhida humanizada no tratamento a cada criança, cada jovem, e também às suas famílias. Nesses espaços, as pessoas são recebidas por equipes especializadas e preparadas para prestar acolhimento com atenção e qualidade. Há projetos de incentivo ao bem-estar, aos cuidados com higiene pessoal e à saúde, além de atividades culturais, lúdicas, de convivência, de socialização e de apoio.

Responsabilidade social em plenitude

Os camilianos têm em si o dom de cuidar com o coração nas mãos, exercitado e proferido por São Camilo de Lellis, que é inspiração e fonte inesgotável do amor divino e fraterno dos religiosos para com seus irmãos em vida. A Província Camiliana Brasileira crê que são nas pessoas que residem a força, a esperança e a vontade de transformar. Isso é que impulsiona esta linha de trabalho.