XIII Congresso Diocesano de Pastoral da Saúde e Evangelização – Diocese de Cachoeiro de Itapemirim – ES

No domingo, 25/09, aconteceu o XIII Congresso Diocesano de Pastoral da Saúde e Evangelização. Aproximadamente 200 pessoas se reuniram neste domingo no Auditório Pe. Sanzio Cicatelli, no Centro Universitário São Camilo-ES, para participarem do evento.

Com grande presença das paróquias da Diocese de Cachoeiro de Itapemirim – ES, o público desfrutou de um dia de muita informação, reflexão e descontração. Iniciando o congresso, o Vice-Reitor do Centro Universitário São Camilo e Coordenador Diocesano da Pastoral da Saúde Padre Américo Pinho de Cristo deu as boas-vindas e acolheu a todos. Nosso Bispo Diocesano Dom Dario Campos fez a primeira explanação do dia. Levantando a “bandeira” da ética na Pastoral, Dom Dario explicou a importância de saber compreender o enfermo e a sua situação.

“É preciso entender que nem sempre é possível ficar o dia inteiro na casa da pessoa. Esse doente pode estar com dor, querendo descansar ou até mesmo um pouco a sós com Deus. O próprio nome já diz: “visita”. O importante é esta pessoa saber que, caso ela precise, ela tem com quem contar”. (Dom Dario)

O Padre Andherson Franklin, Coordenador Diocesano das Pastorais Sociais, ressaltou a importância dos voluntários das pastorais, pois os leigos “são os olhos e os ouvidos das paróquias, chegando até onde nem mesmo os próprios padres conseguem chegar”.

Falando ao público em dois momentos, a professora Magali Paraguassu Posse colocou muita emoção nas palavras ao dar seu testemunho de vida, contanto um pouco da sua trajetória. Integrante do quadro de educadores do Centro Universitário São Camilo, a prof.ª Magali também frisou o quanto a ética é primordial na Pastoral da Saúde. É com ela (a ética) que o leigo voluntário deve se apegar e tê-la como diretriz.

Pe. Américo Pinho de Cristo

caci