Camilianos
Biografia

São Camilo de Lellis nasceu em Buquiânico, Itália, em 25 de maio de 1550. Filho de pai militar e de mãe muito devota, o nascimento de Camilo foi considerado um milagre, tendo em vista que seus pais ainda não tinham herdeiro e tiveram um filho já em idade avançada. Ambos faleceram quando Camilo era ainda jovem, levando-o a enfrentar a vida sozinho e a assumir responsabilidades prematuramente.

Camilo seguiu a carreira militar do pai, alistando-se no exército aos 17 anos de idade. Viveu sob condições financeiras precárias e, sem ainda atentar-se à presença de Deus em sua vida, entregou-se aos prazeres e aos vícios do mundo, principalmente à bebida e ao jogo, chegando a perder a própria roupa em uma aposta. Naquele período, Camilo adquiriu também uma dolorosa úlcera no pé, ferida que o acompanhou durante toda sua vida.

Padecendo sob condições adversas, passando fome, frio e sem ter onde morar, Camilo foi acolhido no convento dos Capuchinhos, onde passou a trabalhar. Um dia, levando uma mercadoria do convento para a cidade, Camilo cai do animal que o transportava e, num momento de profundo arrependimento e comoção, se converte a Deus entre prantos, comprometendo-se a mudar de vida e a servir a Deus como religioso capuchinho. Era dia 2 de fevereiro de 1575.

A ferida no pé, entretanto, impediu-o de permanecer naquele convento e de abraçar a vocação capuchinha. Camilo parte, então, para o Hospital São Tiago, em Roma, onde passa a cuidar dos doentes. Naquele local, Camilo compreende a missão que Deus queria para sua vida: servir os enfermos como se fossem o próprio Cristo crucificado. Torna-se sacerdote e organiza uma companhia de homens de boa vontade que querem doar suas vidas no cuidado dos doentes e mais necessitados.

A grupo de Camilo foi crescendo e atraindo homens motivados a cuidar dos enfermos. A Santa Sé autorizou o uso da cruz vermelha como distintivo do grupo e, logo depois, a Congregação foi elevada ao grau de Ordem Religiosa, sendo conhecida como Ordem dos Ministros dos Enfermos. Após uma vida de doação ao serviço dos doentes, Camilo morre em 14 de julho de 1614. Foi canonizado em 1746 e, posteriormente, declarado padroeiro dos doentes, hospitais e profissionais da saúde.

 
 
Contato
 

Camilianos - Província Camiliana Brasileira


Av. Pompéia, 888 - São Paulo/SP

(11) 3863-2110
 

“Os doentes são a pupila e o rosto de Deus”

São Camilo

Copyright © 2017 Camilianos. Todos os direitos reservados.

Camilianos