Camilianos
Notícias da Igreja
 
Filhas de Maria Auxiliadora: ser missionárias numa Europa em transformação
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Filhas de Maria Auxiliadora: ser missionárias numa Europa em transformação

Não é o lugar geográfico onde se habita que é importante para viver a própria missionariedade "ad gentes", mas a paixão pelo Reino, caminhar sobre a terra com o céu no coração para olhar longe e expandir os horizontes do próprio coração para o mundo.


"Ir além das fronteiras conhecidas para encontrar novos povos e culturas era característica do estilo das primeiras comunidades das Filhas de Maria Auxiliadora, desejosas de levar ao mundo o anúncio mais surpreendente e desconcertante: a ternura do Deus-Amor".


Estas foram as palavras da irmã Ruth del Pilar Mora, conselheira geral das missões das Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), na abertura do recente encontro com as missionárias "ad gentes" que vivem sua vocação na Europa.


Ocidente marcado por processos de descristianização


"Desde então, começou uma página da história que, ainda hoje, continua sendo escrita por muitas FMA em 98 países no mundo inteiro. Nossas primeiras irmãs que deixaram a Itália chegaram a ‘lugares no fim do mundo’".


"Graças ao generoso SIM de tantas de nossas irmãs, todos os continentes foram abraçados por nosso carisma - escreve irmã Ruth -, a semente foi lançada e agora tantas irmãs com igual disposição estão respondendo para serem missionárias ad gentes na Europa".


O Ocidente, outrora rico em vocações e recursos generosamente oferecidos para a cooperação, está hoje passando por mudanças sociais e culturais inesperadas, e marcado por processos de descristianização.


Interagir com as POM e Fundações Migrantes e Missio






"Atualizar a paixão missionária, refletir sobre o significado de nossa presença, de nosso testemunho aqui na Europa neste 150º aniversário da fundação de nosso Instituto" foi a intenção da conselheira geral para este encontro.


Nesta ocasião, o grupo de irmãs missionárias 'ad gentes', provenientes de 8 das inspetorias presentes na Europa, teve a oportunidade de interagir e conhecer diretamente as Pontifícias Obras Missionárias, e também a Fundação Migrantes e a Fundação Missio, organismos ligados à Conferência Episcopal Italiana (CEI) envolvidos em iniciativas atentas ao fenômeno das migrações.


O encontro, com o tema "Essere missionarie ad gentes in un'Europa che cambia" (Ser missionárias ad gentes numa Europa em transformação), teve início na Casa Geral das Filhas de Santa Maria Auxiliadora, em Roma, no dia 14 de novembro, data em que foi celebrado o 145º aniversário da primeira expedição missionária das Filhas de Maria Auxiliadora, e concluiu-se no dia 18 de novembro.


(com Fides)



Fonte: Vatican News

Indique a um amigo
 
Contato

Camilianos - Província Camiliana Brasileira

Av. Pompéia, 888 - São Paulo/SP
(11) 3863-2110

Política de Privacidade

 

“A caridade não procura a própria comodidade”

São Camilo

Copyright © 2022 Camilianos. Todos os direitos reservados.

Camilianos