Camilianos
Notícias da Igreja
 
O celibato é uma grande beleza na vida dos sacerdotes, diz Cardeal Stella
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
O celibato é uma grande beleza na vida dos sacerdotes, diz Cardeal Stella

O Prefeito da Congregação para o Clero, Cardeal Beniamino Stella, que participa do Sínodo dos Bispos sobre a Amazônia, assinalou que "o celibato é uma grande beleza da vida dos sacerdotes" e, como tal, "deve ser verdadeiramente custodiado".


 


Assim indicou o Purpurado em uma coletiva de imprensa na Sala de Imprensa da Santa Sé, nesta quinta-feira, 24 de outubro.


 


Ao responder sobre a proposta de ordenar sacerdotes a homens casados, conhecidos como "viri probati", o Cardeal Stella salientou que na Congregação do Clero ele sempre sugere aos bispos: "formar bem os sacerdotes" e "estar muito vigilante sobre as características humanas”, porque “o aspecto humano da pessoa é fundamental para a admissão às ordens”.


 


Além disso, o Cardeal indicou que atualmente "a Igreja continua sendo talvez a única instituição que prega um compromisso para sempre".


 


 


"Eu digo isso muitas vezes, para os sacerdotes, para a vida consagrada, para o matrimônio", afirmou e acrescentou que "esse compromisso para sempre é realmente um grande desafio, uma tremenda exigência interior".


 


Neste sentido, o Cardeal Stella assinalou que “devemos ser conscientes de que o dom do celibato representa hoje para os jovens, e também para os sacerdotes, um grande desafio pessoal que deve ser assumido com consciência interior e também depois de um período de formação e de treinamento de disciplina pessoal".


 


"E depois, quando está no 'campo de batalha', assim chamaria a vida sacerdotal, é necessário cultivar muito a espiritualidade: é preciso ter tempo de oração para crescer no interior e é necessário ter uma disciplina pessoal”, acrescentou o Purpurado.


 


Nesse sentido, o Cardeal Stella disse que “a formação, a vida de oração e a disciplina pessoal, o tema do celibato tem um sentido porque incide na vida dos sacerdotes. É uma realidade que pode ser vivida, mas é preciso ser conscientes de que vivemos em uma cultura, em um mundo que representa hoje para os sacerdotes, para a vida consagrada, mas para todos os cristãos uma grande exigência”.


 


"Acho que devemos falar sobre esta realidade, falar com os jovens, apresentar esta exigência do sacerdote de rito latino como um grande compromisso e uma grande beleza”, incentivou Stella.


 


Além disso, o Prefeito da Congregação para o Clero recordou a "ratio fundamentalis", que é o "esquema de formação para os sacerdotes", no qual abordam "o dom da vocação".


 


“É um dom de Deus, chamado vocação, que é recebido, preparado, sobretudo, em um contexto de qualidades humanas muito concretas, de equilíbrio, de mente saudável, de afetividade transparente”, explicou.


 


Desta maneira, o Cardeal Stella destacou a importância de “um quadro de espiritualidade, de um compromisso pastoral, sempre conotado de espiritualidade e de vida interior, no qual o celibato representa uma grande beleza da vida dos sacerdotes, mas que deve ser verdadeiramente custodiado, como diz a Escritura, é um tesouro que guardamos em recipientes de barro e devemos ser muito conscientes”.


 


“Depois, o que o Sínodo poderá dizer sobre as novidades, sobre os novos caminhos ministeriais, deixamos isso para o discernimento, amanhã e depois de amanhã, da comunidade dos Padres sinodais e, acima de tudo, temos isso no coração e nas costas do Santo Padre, que tem a tarefa e o carisma dediscernimento que corresponde a Pedro, como guia e responsável pela Igreja”, concluiu.


 


Fonte: ACI Digital


Indique a um amigo
 
Contato
 

Camilianos - Província Camiliana Brasileira


Av. Pompéia, 888 - São Paulo/SP

(11) 3863-2110
 

“Esta vida nos foi dada para encher de boas obras nossas malas de viagem”

São Camilo

Copyright © 2019 Camilianos. Todos os direitos reservados.

Camilianos